Mostrando postagens com marcador indústria. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador indústria. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 25 de março de 2022

Indústria baiana gera 5,8 mil postos de trabalhos em janeiro de 2022


Somente em janeiro de 2022, a indústria baiana apresentou saldo positivo com a geração de 5.846 mil empregos que foi puxado pelos setores de Preparação de Couros e Calçados; Manutenção, Reparação e Instalação de Máquinas e Equipamentos, e Confecção de Artigos do Vestuário e Acessórios. Os dados constam no informe de indústria da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). Os três principais setores em destaque com saldo positivo de empregos, em dezembro de 2021 são: Couros e Calçados, com a criação de 1.268 postos de trabalhos, Manutenção, Reparação e Instalação de Máquinas e Equipamentos, com 286 e Confecção de Artigos do Vestuário e Acessórios, com 113.

"O saldo de empregos acumulado nos últimos 12 meses na Indústria Geral também foi positivo, com mais de 39.733 mil postos de trabalho criados. É um desafio e um trabalho do Governo do Estado que estamos exercendo quando atraímos e prospectamos novos negócios que ocasionam na implantação de indústrias, geração desses empregos e aumento na economia das regiões", destaca o titular em exercício da SDE, Paulo Guimarães.

sábado, 11 de dezembro de 2021

Safra de grãos estima crescimento de 3,9% em relação a 2020, já indústria baiana cresce 2,7% em outubro



A produção baiana de cereais, oleaginosas e leguminosas chega ao 11º mês do ano com estimativa positiva de 10,45 milhões de toneladas (t) em 2021, o que representa crescimento de 3,9% na comparação com a safra 2020. A safra recorde de soja e alta na produção de cacau e de uva são os destaques da lavoura baiana este ano. Os números da produção industrial no Estado também se mantiveram positivos, sobretudo em um momento em que a média da produção nacional apresentou recuo. Em outubro, o crescimento baiano foi de 2,7% frente ao mês de setembro. No mesmo período a média da produção nacional registrou recuo de 0,6%.

sexta-feira, 3 de setembro de 2021

Indústria baiana gera cerca de 40 mil empregos em 12 meses


Nos últimos 12 meses, a indústria baiana teve saldo positivo ao gerar mais de 39,5 mil empregos. Já no acumulado de janeiro a junho de 2021, o saldo também foi favorável para o segmento, com a geração de 22,4 mil postos de trabalho. Até junho deste ano, 30 empresas foram incentivadas pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), o que resultou no aporte de R$ 139 milhões em investimentos privados. O mesmo período teve o melhor resultado na produção física da indústria baiana mensal e esses dados constam do Informe Executivo da Indústria de julho, divulgado pela instituição.

"Esses dados presentes no Informe da Indústria, divulgado pela SDE, confirma que ao promovermos o desenvolvimento, impulsionamos a modernização da indústria baiana. Estamos no meio do segundo semestre de 2021 e cada vez mais confirmamos que seguimos no caminho certo ao gerar empregos, aumentar a renda local para combater a desigualdade social em diversos municípios da Bahia", destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, Nelson Leal.