Mostrando postagens com marcador aumento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador aumento. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 17 de junho de 2022

Novo aumento no preço dos combustíveis pode impactar ainda mais a alta do preço dos alimentos e produtos

 A Petrobras anunciou o aumento do preço dos combustíveis nesta sexta-feira. O reajuste deverá impactar os preços dos alimentos e produtos que dependem de transporte rodoviário.

Foto Reprodução


Os valores passam a valer a partir de sábado (18) e os preços para os consumidores dependerá dos impostos e margem de lucro das distribuidoras, ou seja tem que pesquisar antes de abastecer seu carro ou caminhão.

quinta-feira, 10 de março de 2022

Depois de repassar R$101 bi a acionistas, Petrobras reajusta preços de gasolina, diesel e gás de cozinha com alta de 24%

 A Petrobras segue a linha do governo em poupar empresários enquanto suga o dinheiro do trabalhador.

O reajuste dos preços dos combustíveis anunciados hoje, não deveriam ocorrer, pelo simples fato que a empresa usou o dinheiro que deveria suprimir este aumento para pagar acionistas acima da porcentagem legal.

Vamos entender o que houve?

A Petrobras registrou um lucro de R$ 106 bilhões em 2021, um aumento de 1.400% em relação ao ano anterior.

Tudo isso, graças as políticas de reajuste de preços que fizeram com que o valor do gás de cozinha, diesel e gasolina disparassem durante o ano todo.



O problema é que esse lucro não foi investido na empresa, ele foi distribuído para os acionistas. Por conta disso o Senado convocou o general Joaquim Silva e Luna, presidente da Petrobrás para prestar esclarecimentos no último dia 08/03/2022.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2022

Projeto do Governo do Estado aumenta vencimentos dos professores em quase 16%



Se aprovado, texto vai viabilizar reajustes de até 15,96% para a categoria, com impacto de R$ 119,5 milhões para os cofres públicos só em 2022  

O governo baiano encaminhou nesta segunda-feira, 07 de fevereiro, para a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (ALBA) o projeto de lei que altera a Lei 14.406/2021, readequando os valores dos vencimentos do magistério público da educação básica. A medida vai beneficiar  mais de 17 mil educadores da ativa, entre professores e coordenadores pedagógicos, além de mais de 6.500 aposentados, que terão seus vencimentos adequados em função do novo piso nacional da categoria.