Mostrando postagens com marcador cooperativa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cooperativa. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 12 de agosto de 2022

Cooperativa de Presidente Tancredo Neves é exemplo em estruturas coletivas para gerar emprego e renda no meio rural



Para garantir a escala, a regularidade de fornecimento de alimentos e o acesso a políticas públicas, agricultores e agricultoras familiares da Bahia apostam na organização de estruturas coletivas, a exemplo de cooperativas e associações. Hoje, são mais de três mil empreendimentos espalhados por todas as regiões do estado, de acordo com dados da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

O vice-presidente da União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes), Icaro Renê, destaca a importância do cooperativismo para o segmento. “É através da união que o homem do campo pode lutar nesse mundo capitalista, mostrando que com o cooperativismo o agricultor familiar deixa de receber nomes como: ‘coitadinho’, e passa a ser um empreendedor, gerando renda, valorizando a sua produção e colocando os seus produtos em diversas gôndolas de lojas e supermercados do Brasil e do mundo. Como diz a velha frase: ‘juntos somos mais forte’, o cooperativismo vem mostrar isso”.

terça-feira, 26 de julho de 2022

Cooperativas da agricultura familiar baiana podem acessar capital de giro



Cooperativas da agricultura familiar da Bahia podem acessar a Coopergiro, linha de crédito específica de capital de giro, para ampliar as operações relacionadas à produção e comercialização de produtos. 

A linha de crédito Coopergiro Cresol-Ascoob é destinada para que as organizações possam fazer a aquisição de matérias-primas, embalagens, manutenção de estoque e outras despesas operacionais. A taxa de juros de 1,5% ao mês e o prazo é de 12 meses para pagar, com até três meses de carência. 

segunda-feira, 25 de abril de 2022

Cooperativa do Semiárido baiano comemora produção de duas toneladas de polpas de frutas



A primeira produção de polpas de frutas, deste ano de 2022, da Cooperativa Ser do Sertão, localizada em Pintadas, chegou a duas toneladas. Os agricultores familiares ligados à organização comemoram os resultados, com a expectativa de chegar a uma produção de 20 toneladas no mês de dezembro.

Os números promissores são resultados dos investimentos do Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva, que destinou R$ 3,7 milhões na adequação da unidade de beneficiamento da produção, em aquisição de máquinas e equipamentos, como câmara fria e tanques de resfriamento, caminhão refrigerado, veículo utilitário e assistência técnica e extensão rural (Ater).

segunda-feira, 18 de abril de 2022

Cooperativa de pescados comercializa 14,2 toneladas de peixes com o apoio do Governo do Estado



A Cooperativa de Produção e Comercialização dos Derivados de Peixes de Sobradinho (COOPES) comercializou 14,2 toneladas de tilápia durante esta Semana Santa. O volume de vendas é o dobro do que a cooperativa comercializou no mesmo período em 2021. Os números são resultado do apoio do Governo do Estado, por meio de projetos como o Pró-Semiárido, que tem disponibilizado a assessoria especializada de uma engenheira de pesca, para apoiar na gestão, manejo e comercialização da produção.

As entregas foram feitas para os municípios de Monte Santo, Caldeirão Grande e Uauá e contou com a parceria da Cooperativa Regional de Agricultores/as Familiares e Extrativistas da Economia Popular e Solidária (Coopersabor), Bahia Pesca e Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá  (Coopercuc), para o processo de logística e refrigeração do pescado, para a realização das ofertas. Vale ressaltar, que este é o segundo ano em que a Coopes faz a entrega de peixes para a Prefeitura Municipal de Uauá.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

Feira Baiana da Agricultura Familiar foi um sucesso e gera renda para 200 associações e cooperativas baianas



Um sucesso! Este é o resultado da 12ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária, que aconteceu de 15 a 19 de dezembro, pela primeira vez no Parque Costa Azul, em Salvador. O evento foi aprovado pelo público e gerou renda para o interior do estado. Foram mais de R$ 1,7 milhão injetados na receita de cerca de 200 associações e cooperativas, de todos os Territórios de Identidade, que participaram do evento.

Para o titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Josias Gomes, foi um avanço muito grande. "Um desafio realizar a Feira, pela primeira vez independente, em um novo espaço, durante a pandemia. Se configura um quadro emblemático. Esses desafios foram vencidos e realizamos uma Feira que vai ficar na história da agricultura familiar baiana. Pessoas que nunca tiveram contato com esse segmento passaram a ter e deu grande visibilidade".

sexta-feira, 29 de outubro de 2021

Cooperativa da agricultura familiar abre terceira loja própria para comercialização de produtos da marca Natucoa

Cheirinho de chocolate e cheirinho de café. Com esses dois aromas queridinhos dos brasileiros é que a Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia (Coopesba) abriu a sua terceira loja própria para comercialização dos seus produtos no centro de Ilhéus, no território de identidade Litoral Sul.

O novo espaço, segundo a presidente da cooperativa, Carine Assunção, tem uma estrutura diferenciada para atender os consumidores, com cafeteria, chocolateria, venda de outros produtos da Coopesba, espaço para home office e até informações sobre a história da Cooperativa.

quarta-feira, 20 de outubro de 2021

Cooperativa da agricultura familiar lança chocolate diet 75%



Depois do sucesso dos chocolates em barras de 80g e 20g, com variados percentuais de teor de cacau, bombons de chocolate com frutas desidratadas e geleia de cacau, a Bahia Cacau, primeira fábrica de chocolate da agricultura familiar do país, lança sua nova aposta no mercado: o chocolate 75% de cacau diet. 

Sem adição de açúcares, o chocolate é perfeito para consumidores que não podem ou não querem ingerir açúcar em sua alimentação, mas que não abrem mão do sabor e da qualidade, e também para os veganos. Na composição dos ingredientes, tem a massa e a manteiga de cacau, lecitina de girassol e o malditol em pó. O produto não tem lactose, glúten, conservantes, aromatizante e gordura trans.

domingo, 17 de outubro de 2021

Mel produzido por cooperativa de Tucano garante faturamento de R$ 2,5 milhões para apicultores da região



O Governo do Estado já investiu R$61 milhões no sistema produtivo da apicultura e meliponicultora da Bahia, somente pelos projetos Bahia Produtiva e Pró-Semiárido, beneficiando 20 mil famílias em todo o estado, com ações voltadas desde a base produtiva até a comercialização. 

A Cooperativa de Apicultores de Tucano (Cooapit), responsável pela maior parte da produção do Território do Sisal, por exemplo, já recebeu investimentos de R$1,8 milhão, por meio do Projeto Bahia Produtiva. Os recursos são destinados para a ampliação do entreposto de beneficiamento e extração do mel, aquisição de maquinários, consultorias e capacitações. O resultado pode ser conferido no faturamento. Em 2020, foram cerca de 260 mil quilos de mel produzidos, gerando uma receita de R$2,5 milhões.

domingo, 5 de setembro de 2021

Cooperativa de catadores de Juazeiro recebe equipamentos do Governo do Estado


O Governo do Estado entregou, na tarde desta sexta-feira (3), prensa hidráulica, carrinho elétrico e balança eletrônica para a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Juazeiro (Cooperfitz), no norte da Bahia. A destinação dos equipamentos tem o objetivo de contribuir com a autonomia organizativa e financeira do grupo. 

“Depois de distribuir kits de equipamentos de proteção individual, estamos entregando esse maquinário que vai agregar valor ao material coletado e fortalecer o processo de inclusão produtiva”, afirmou o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães.

quarta-feira, 30 de junho de 2021

Cooperativa da agricultura familiar de Ibotirama aumenta faturamento em 40% com produção de mel


A Cooperativa Agropecuária dos Agricultores e Apicultores do Médio São Francisco (Coopamesf), localizada em Ibotirama, no Território Velho Chico, tem a expectativa de aumentar o faturamento, neste ano, em até 40%. Com o apoio do Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva, a organização fechou 79 contratos comerciais, somente em Salvador, no primeiro semestre de 2021. 

A diretora administrativa e comercial da Coopamesf, Lidiane Oliveira, explica que com a abertura de novos mercados haverá, consequentemente, aumento nas vendas: “De toda a produção da Coopamesf, apenas 10% era comercializado fracionado, aqueles vendidos em bisnagas, que é o que dá uma margem de lucro para a cooperativa. Ano passado comercializamos 18.500 mil quilos, mas esse ano, com essa parceria, vamos ultrapassar 27 mil quilos de mel, um aumento inicial de mais de 40% na comercialização”.