quarta-feira, 25 de maio de 2022

Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, tripudia de mortos no Rio e diz que são "menos votos da esquerda"

 O ex-assessor do filho do presidente, acusado de ser o operador dos esquemas das "rachadinhas", se mostrou insensível com as vítimas que faleceram durante a operação policial da Vila Cruzeiro no Rio de Janeiro.

Queiroz- Créditos Redes Sociais
Em sua fala preconceituosa, Queiroz disse que essas mortes representam" menos votos da Esquerda". 

Sua fala é uma demonstração da falta de empatia com os parentes dos mortos. Independente deles serem criminosos ou não, essa argumentação  foi debochada e preconceituosa, já que na cabeça do bolsonarista, eles eram eleitores de esquerda, portanto, poderiam morrer.

Foto Reprodução /Twitter


Queiroz estava tão animado comemorando as mortes que nem se preocupou que uma das vítimas era a moradora Gabrielle Ferreira da Cunha, de 41 anos, atingida por uma bala perdida.

Por Kátia Figueira de Oliveira