sexta-feira, 13 de maio de 2022

Produção de coco cresce 450% em comunidade rural de Acajutiba

 


A produção de coco na comunidade de Alto de Boa Vista, no município de Acajutiba, território de identidade Litoral Norte e Agreste Baiano, teve um aumento significativo. Com investimentos do Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva, foi possível um crescimento de 450%, que proporcionou a mudança na vida das famílias beneficiadas.

Foram destinados R$ 480,2 mil para a Associação dos Agricultores Unidos Boa Vista. Os recursos foram destinados para aquisição de adubos e corretivos de solo, mudas certificadas, máquinas para tratos culturais do coqueiral como triturador, roçadeira, pulverizador, equipamentos de proteção individual, entre outros, além do servido de assistência técnica e extensão rural (Ater), prestada pela Cooperativa Agropecuária Mista da Região de Alagoinhas (Coopera).

O agricultor familiar Raimundo de Carvalho afirma que as diversas melhorias realizadas resultaram no aumento da quantidade dos frutos. “Antes a gente tirava de 20 a 25 cocos por pé, depois da chegada do Bahia Produtiva, chegamos a tirar 110 de cada pé. O projeto está sendo muito importante para os produtores, que não tinham condições de investir em suas plantações, desde adubação até às orientações dos técnicos assistência técnica”.

O fruto é vendido na região e, de acordo com Raimundo, foi importante para as 50 famílias diretamente atendidas pelo projeto e para todas da região. “Esse investimento foi muito importante para muita gente. Uns tiram coco, outros juntam, outros descascam, tem os que vendem e os que compram. Foi um grande movimento na economia da nossa comunidade”.

O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial.