sexta-feira, 24 de dezembro de 2021

Pesquisa aponta que Lula é o preferido enquanto Bolsonaro disputa com Doria para ver quem é o mais rejeitado

 Pesquisa realizada entre 19 a 22 de janeiro pela PoderData aponta o favoritismo de Lula frente aos seus adversários na corrida presidencial.

Foto Reprodução

A pesquisa conversou com cada entrevistado e perguntou sobre cada um dos pré-candidatos, querendo saber os seguintes pontos:  Este candidato é o “único em quem votaria”, se “poderia votar nele” ou se não votaria nele “de jeito nenhum”?.Confira os dados

Mas o que deixou a equipe de Doria e Bolsonaro preocupados foi que ambos atingiram um índice de 60% de rejeição, considerado pela pesquisa como empate técnico.

Foto Reprodução

O alto índice de rejeição se dá pelo desempenho político de ambos os candidatos. Doria tem enfrentado críticas ao seu governo em São Paulo. O tucano foi avaliado negativamente pela população em outras pesquisas. Outro fato que surpreendeu nas pesquisas é a ala empresarial que avaliou negativamente o Governo Doria. Eles esperavam mais apoio em meio a crise econômica enfrentada na pandemia e isso não ocorreu segundo eles. Soma-se isso a sua briga interna dentro do partido que causou rupturas no PSDB e a saída de Alckmin, vista por muitos como obra de Doria.

Já Bolsonaro tem demonstrado problemas em sua gestão desde que assumiu o poder. Soma-se as denúncias envolvendo seus filhos e esposa em esquemas de corrupção, guerras internas com servidores que não aceitam os desmandos de seus ministros despreparados, crise no INEP e na Fundação Palmares, crises internacionais com o desmatamento acelerado da Amazônia e a falta de fiscalização dos agentes por ordem do presidente que favorece os ruralistas, crise na polícia federal com interferência do próprio presidente. Bolsonaro foi duramente criticado por sua falta de atitude durante a pandemia, com a demora de compras de vacinas, negligências, estimular remédios ineficazes, postar fake news contra as vacinas e criar conflitos internacionais, o que gerou diversos processos e até denúncias no Tribunal de Haia por crimes contra a Humanidade.

Enquanto isso, Ciro e Moro buscam aliados para se firmarem na disputa, aproveitando o interesse dos eleitores na chamada terceira via.

Por Kátia Figueira de Oliveira