quarta-feira, 24 de novembro de 2021

Líder do Governo Bolsonaro na Câmara vira réu após delação de esquema de propina e lavagem de dinheiro no Paraná

 O Ministério Público do Paraná denunciou o deputado Ricardo Barros (PP-PR), líder de Bolsonaro na Câmara dos Deputados por um envolvimento em esquema de propinas e lavagem de dinheiro.

(Ueslei Marcelino/Reuters)

Ele foi acusado de receber quantias de dinheiro da empresa Galvão Engenharia, para facilitar a compra dos parques eólicos da empresa pela Companhia Paranaense de Energia, a Copel.

Contra o líder bolsonarista pesa as acusações de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica eleitoral.

Além do deputado, outras quatro pessoas foram denunciadas pelo MP-PR.

Ricardo Barros era Secretário de Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul do Paraná em 2011, quando se beneficiou deste esquema e teria recebido R$ 5,1 milhões de forma ilegal.

A ação penal tramita sob sigilo na 3ª Zona Eleitoral de Curitiba.

Por Kátia Figueira de Oliveira
Via Congresso em Foco