sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Dilma parte para o ataque e afirma: Candidatura de Moro é confissão de culpa

Dilma resolveu soltar o verbo e falar o que pensa sobre a candidatura do juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, que todos sabem foi uma armação para tirar Lula de cena e entregar as eleições nas mãos de Bolsonaro.
Marcello Casal Jr./Agência Brasil


Segundo Dilma o retorno de Lula para o cenário político é uma vitória contra essa agenda fascista e neoliberal implantada por Bolsonaro e Guedes.

Para ela, essa candidatura de Moro é uma confissão de todas as armações para impedir que Lula concorresse se e fosse eleito. Com essa postura, Moro confessa tudo que o STF disse a seu respeito, que ele foi parcial e que também tudo que falamos dele, que ele entregou a cabeça de Lula numa bandeja para ser empossado Ministro do governo Bolsonaro.

Então é uma confissão de culpa de que atuou politicamente para destruir alguém com quem não estava de acordo, sendo juiz., afirma Dilma para a agência estatal argentina Télam.


Por Kátia Figueira de Oliveira