Mostrando postagens com marcador investimento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador investimento. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 24 de junho de 2022

Bahia foi estado que mais investiu em proporção às receitas entre janeiro e abril, segundo STN



No acumulado desde 2015, o governo baiano soma R$ 19,4 bilhões e segue em segundo lugar no país em investimentos, atrás apenas de São Paulo.

A Bahia destinou 10% das suas receitas correntes para investimentos entre janeiro e abril de 2022, alcançando no período o maior índice do país entre os estados, de acordo com a STN – Secretaria do Tesouro Nacional. Os dados foram divulgados no Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) publicação que apresenta as informações fiscais consolidadas dos entes da federação.

sexta-feira, 29 de abril de 2022

Cerca de R$ 1,8 milhão é investido em construção de nova sede da Deam em Juazeiro



Unidade de atendimento especializado está com 25% das obras concluídas e vai contar com sala de atendimento psicológico entre outros espaços.

Moradoras de Juazeiro, a partir do segundo semestre, vão contar com nova sede da Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (Deam). A unidade, que passará a atender em um novo espaço situado na Rua Eliete Costa, bairro Novo Encontro, está com 25% das obras executadas e tem o investimento de cerca de R$ 1,8 milhão do Governo do Estado.

quarta-feira, 13 de abril de 2022

Bahia investiu R$ 681,79 milhões no primeiro bimestre, à frente de SP e atrás apenas de MG

Apenas nos meses de janeiro e fevereiro de 2022, o governo baiano investiu R$ 681,79 milhões em valores liquidados, mais do que São Paulo, tradicional líder nesta área entre os estados, que somou R$ 652,76 milhões no mesmo período.  A Bahia ficou logo atrás de Minas Gerais, que assumiu a liderança no país no primeiro bimestre, ao investir R$ 991,72 milhões. Os dados foram extraídos do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro – Siconfi, vinculado ao Tesouro Nacional, pelo jornal Valor Econômico, que divulgou nesta terça-feira (12) o ranking dos investimentos dos estados neste início de ano.

Em comparação com o próprio desempenho no ano passado, a Bahia registrou crescimento de 216,5%. O total investido em janeiro e fevereiro de 2021 foi de R$ 215,42 milhões. De acordo com especialistas em contas públicas ouvidos pelo Valor, os investimentos dos estados tomaram impulso no decorrer de 2021, quando fecharam o ano com alta real de 83,6% no cômputo geral, e devem se manter fortes ao longo de 2022.

Governo do Estado da Bahia autoriza novos investimentos para a requalificação de mais de 36 mercados municipais



Os mercados municipais, centros de abastecimentos e feiras livres são importantes pontos de comercialização de produtos da agricultura familiar. Pensando nisso, o Governo do Estado vem, desde 2015, investindo na requalificação e ampliação destes estabelecimentos. Já são mais de 120 mercados requalificados ou em processo de requalificação, em toda a Bahia. 

Nesta terça-feira (12), o governador Rui Costa assinou convênio com mais 36 prefeituras de diversas regiões do estado, para a realização desta ação, em evento realizado no Parque de Exposições de Salvador.

segunda-feira, 11 de abril de 2022

Com investimento de R$ 233 milhões para 2022, alimentação escolar é ampliada na rede estadual



Os 740 mil estudantes matriculados na rede estadual de ensino estão sendo beneficiados pelo Programa Nacional de Refeição Escolar, que tem investimento de R$ 233,880 milhões do Governo do Estado da Bahia, para o ano letivo de 2022. A administração estadual também tem investido na contratação e qualificação de profissionais e técnicos, com o objetivo de garantir uma alimentação nutritiva, saudável e de qualidade para os estudantes.

Por determinação do Governo do Estado, desde a retomada das aulas presenciais, em 2021, os alunos passaram a receber mais uma refeição por turno, completando, assim, duas refeições para aqueles que estudam em tempo parcial, e três para aqueles que são matriculados em tempo integral. Daniel Kevin Santos é novato no Colégio Modelo de Feira de Santana, e conta como os novos hábitos alimentares adquiridos na escola mudaram sua rotina. “Eu não tinha o costume de almoçar, entre 12h e 13h. Aqui na escola, faço isso, e consigo pensar melhor durante as aulas”, declarou.

domingo, 27 de março de 2022

Investimentos do Governo do Estado contribuem para que Bahia seja estado maior produtor de cacau



A Bahia é o estado que mais produz cacau no Brasil e, no sábado (26), Dia do Cacau, a agricultura familiar se destaca como cenário mais promissor da cacauicultura baiana. Dos 64 mil estabelecimentos rurais que plantam o fruto, 53 mil são da agricultura familiar, de acordo com o Censo Agro 2017.

Neste cenário, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), vem investindo para o crescimento desse sistema produtivo em ações como assistência técnica e extensão rural (Ater), entrega de máquinas e equipamentos para cultivo e beneficiamento e agroindustrialização.

quinta-feira, 3 de março de 2022

Investidor do Oriente Médio se impressiona com potencial sucroenergético e viticultor da Bahia



Representantes da Companhia de Açúcar Al Khaleej Sugar, do Oriente Médio, estiveram no Médio São Francisco e Vale do São Francisco baiano, na terça (1°) e nesta quarta-feira (02), para conhecer as instalações de alguns dos principais projetos em desenvolvimento no Polo Agroindustrial e Bioenergético e viticultura, em implantação nas regiões. O executivo do grupo internacional, Ross Grier, que compôs a comitiva do Governo do Estado, afirmou ter ficado impressionado com a capacidade produtiva da Bahia.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

Bahia investe R$ 18 bilhões de 2015 a 2021 e segue em segundo no país



Os investimentos do governo baiano em áreas como infraestrutura, mobilidade, estradas, saúde, educação, segurança e agricultura, entre outras, totalizaram R$ 18 bilhões de 2015 a 2021. A despeito das dificuldades de acesso a operações de crédito e das sucessivas crises econômicas brasileiras no período, a Bahia mantém-se em segundo no ranking de investimentos entre os estados, ficando atrás apenas de São Paulo.

Em termos proporcionais, o governo baiano segue investindo mais que o paulista. Com um orçamento cinco vezes maior, São Paulo desembolsou R$ 55,2 bilhões em investimentos, o que corresponde a apenas o triplo do valor registrado pelo Estado da Bahia.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

Investimentos garantem segurança alimentar e hídrica em aldeia de Abaré



Para garantir a segurança alimentar e hídrica dos animais de pequeno porte, na Aldeia Mãe Malhador de Zé Grande, no município de Abaré, Território de Identidade de Itaparica, o Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva, investiu R$438,5 mil na localidade. 

Foi implantada uma reserva alimentar estratégica para os animais, com um campo de palma forrageira e de sorgo e entregue kit moto-forrageiro acoplado a uma base móvel, que permite o uso coletivo dos equipamentos e garante o armazenamento de alimento para a época da estiagem, servindo também como unidade de propagação e conservação de plantas forrageiras.

quarta-feira, 20 de outubro de 2021

Bahia investe mais e tem menor endividamento em duas décadas, mas mantém cautela



De acordo com o secretário da Fazenda, Manoel Vitório, o Brasil passa por grande instabilidade, com riscos de piora na arrecadação e nas demais receitas públicas em 2022.

O endividamento do governo baiano segue em trajetória de queda e acaba de chegar ao nível mais baixo nas duas últimas décadas, enquanto os investimentos realizados pela administração direta tiveram ampliação de 58,32% em 2021, de acordo com o balanço das contas estaduais apresentado nesta terça-feira (19), na Assembleia Legislativa, pelo secretário da Fazenda do Estado, Manoel Vitório. O secretário lembrou, no entanto, que o país passa por um momento de grande instabilidade, com efetivos riscos de piora na arrecadação de tributos e nas demais receitas públicas em 2022, “o que exige das administrações estaduais redobrada cautela no que diz respeito à gestão fiscal”.

quarta-feira, 8 de setembro de 2021

Saubara recebe investimento de R$ 120 mil em piscicultura


Cerca de 40 mil quilos de pescado devem ser produzidos anualmente em Saubara graças a um investimento de R$ 120 mil da Bahia Pesca na cidade. A verba será destinada à reforma e construção de 17 tanques-redes de até 600 m² que serão usados pela Associação de Agricultores e Pescadores Familiares da Fazenda Araripe.

O investimento vai gerar emprego e renda para cerca de 30 famílias associadas à entidade. “São centenas de baianos que têm uma tradição de pesca e aquicultura, mas que não dispõem de recursos para realizar o sonho de iniciar seus processos produtivos. Agora, com esse aporte, eles podem começar a trabalhar com perspectiva de ter, em breve, alimento na mesa e dinheiro no bolso”, afirma o presidente da Bahia Pesca, Marcelo Oliveira.

segunda-feira, 16 de agosto de 2021

Produtores de vinho catarinenses conhecem oportunidades de investimento na Bahia



Um grupo formado por 12 produtores de vinho de Santa Catarina visitou o Vale do São Francisco e Médio São Francisco baiano, neste final de semana, para conhecer oportunidades de investimentos e o potencial produtivo das regiões. Os empresários, representantes das vinícolas Floreti, Santa Augusta, Sam Michele, Girola e Panceri, integraram a comitiva do Governo do Estado liderada pelo vice-governador João Leão, secretário do Planejamento.

“O Vale do São Francisco é uma das novas regiões vitivinícolas brasileiras produtoras de vinhos finos e internacionalmente é referência na produção de frutas, devido às condições extremamente favoráveis de clima, abastecimento de água e solo. O médio São Francisco busca trilhar o mesmo caminho para tornar-se uma potência, não somente na produção de vinho como também em outros segmentos agroindustriais e na produção de bioenergia”, explica João Leão.

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Em Monte Santo, Rui entrega mais de R$ 125 milhões em investimentos



O governador Rui Costa visitou a cidade de Monte Santo, no nordeste do estado, nesta quarta-feira (11), Dia do Estudante, para a entrega de um conjunto de investimentos que ultrapassam o montante de R$ 125 milhões. Entre eles, o novo Colégio Estadual do Campo de Pedra Vermelha, que representa R$ 4 milhões em recursos.

A unidade de ensino atende 600 alunos do ensino médio e foi implantada em um terreno com mais de cinco mil metros quadrados, no povoado de Pedra Vermelha. O colégio possui seis salas de aula, biblioteca, quadra poliesportiva coberta, refeitório e auditório, além de laboratórios de ciência e informática.

Outro importante investimento entregue é o sistema integrado de abastecimento de água, que atende as sedes dos municípios de Euclides da Cunha e Monte Santo, além de outras 16 localidades da região. Foram investidos mais de R$ 120 milhões no sistema, com 2.743 ligações domiciliares e uma rede de distribuição de 82 quilômetros, beneficiando 75.600 habitantes.

quinta-feira, 29 de julho de 2021

Com investimento de R$ 100 milhões, Estado garante uma refeição a mais para estudantes


Com o retorno das atividades escolares na rede estadual, no modelo híbrido, os estudantes vão à escola três vezes na semana, e, nos demais dias, acompanham de casa as atividades programadas. Para isso, o Governo do Estado garantiu um investimento de mais de R$ 100 milhões em alimentação escolar e acrescentou mais uma refeição. Para os estudantes do turno matutino, são servidos um café da manhã na chegada à escola e um almoço antes de ir para casa. Para o turno vespertino, são servidos o almoço e a ceia antes da saída; e, no noturno, também é servida uma ceia. As aulas do Ensino Médio foram retomadas na última segunda-feira (26).

“Fizemos um investimento em mais de R$ 100 milhões, isso como parte do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE); aumentamos a per-capita/dia (investimento por aluno), onde tínhamos uma per-capita de 0,36 centavos e a gente avançou para, aproximadamente, R$ 2, para que os estudantes tivessem duas refeições durante o dia. Isso como uma forma de garantir um conforto e segurança dos estudantes com alimentação na escola, nesse período que vai ser tão importante”, afirmou o superintendente de Planejamento Operacional da Rede Escolar, da Secretaria da Educação do Estado (SEC), Manoel Calazans.

Neste momento de pandemia, a segurança alimentar dos alunos e os protocolos de biossegurança, também são uma preocupação da diretora do Colégio Estadual Heitor Villa Lobos, Jeana Lemos de Oliveira. “É muito importante, por que a gente sabe que alguns dos nossos alunos vivem um momento de insegurança alimentar muito grande e principalmente agora que essa alimentação está sendo reforçada, a gente crê que está sendo um grande apoio na vida deles”, afirmou a gestora do colégio situado no bairro do Cabula VI, em Salvador.

Cada unidade adota uma estratégia para fornecer a refeição. No Colégio Estadual Heitor Villa Lobos, a refeição é feita de forma escalonada, por turma. Os alunos são direcionados em fila para o pátio da cantina, onde ocorre a distribuição da merenda. Todos os alunos são orientados a utilizar o álcool em gel, que estão distribuídos nos corredores da unidade. Há sinalização em todo o espaço escolar mantendo o distanciamento social de um metro e meio, sendo permitido apenas dois alunos por mesa.

A merendeira Luziane Santos, responsável pela preparação da refeição na unidade escolar, explicou que o manuseio dos alimentos segue todos os protocolos de higiene, desde a chegada dos produtos, preparo e distribuição aos estudantes. “O fornecedor traz os alimentos, guardamos e, antes de usar, lavamos e higienizamos os alimentos com hipoclorito de sódio”, relatou Luziane, que garante que o mesmo é feito com os pratos e talheres na unidade escolar.

José Domingos, diretor do Colégio Estadual Governador Roberto Santos, situado no bairro do Cabula, também na capital, destacou que a refeição na unidade é distribuída em sala. “Essa distribuição está sendo feita dentro dos protocolos, onde cada profissional da área de alimentação se dirige a cada aluno que ali se encontra”.

O cardápio da merenda escolar é elaborado pelas nutricionistas da Secretaria da Educação do Estado e inclui frutas, verduras e carnes, seguindo como base a referência do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), mas levando em consideração características regionais.


Capacitação

Ao longo de 2020 e no primeiro semestre deste ano, a Secretaria de Educação do Estado promoveu capacitações on-line para as merendeiras da rede, com foco na manipulação e distribuição da alimentação escolar, de acordo com os protocolos sanitários.

O superintendente de Planejamento Operacional da Rede Escolar, Manoel Calazans, destacou que houve uma ampla capacitação das merendeiras e dos diretores das unidades escolares. “Fizemos todo um conjunto de capacitação de manual de boas práticas para que se tivesse total segurança, desde a preparação dos alimentos até a distribuição de forma segura, higienização dos utensílios para que não houvesse nenhum tipo de contaminação”, complementou Calazans.

Foto: Elói Corrêa/GOVBA.

segunda-feira, 19 de julho de 2021

Ações de preservação do bioma Caatinga recebem investimentos de mais de R$ 2 milhões do Governo do Estado


A preservação do bioma Caatinga é uma das prioridades do Governo do Estado. Por meio do projeto Pró-Semiárido, estão sendo investidos mais de R$2 milhões em ações junto a comunidades tradicionais de fundo de pasto de 13 municípios do semiárido baiano. A ideia é implementar atividades e tecnologias que assegurem o uso racional da água, da biomassa e da energia gerada a partir da lenha de mata nativa e, com isso, além de preservar a Caatinga, assegurar que as famílias agricultoras acessem renda sem prejudicar o meio ambiente.

“Estamos introduzindo ações para que as famílias possam gerar renda além da pecuária, utilizando a Caatinga em pé como é o caso da apicultura e da meliponicultora. Então, este trabalho de recaatingamento é muito interessante e nos remete à preservação e recuperação de um bioma muito importante e de uma riqueza muito grande”, explica o subcoordenador do Capital Produtivo e de Mercados do Pró-Semiárido, Carlos Henrique Ramos. 

sexta-feira, 16 de julho de 2021

Com mais de R$13 milhões em investimentos, trecho de rodovia entre Ipiaú, Itagibá e Dário Meira, é recuperado no sudoeste baiano



A recuperação da rodovia BA 130/650, que liga Ipiaú-Itagibá-Dário Meira beneficia cerca de 107 mil pessoas na região sudoeste. Entregue pelo governador Rui Costa nesta sexta-feira (16) a obra foi coordenada pela Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), com investimento de mais de R$ 13 milhões e 42 km de extensão.

"Além da estrada, onde foram investidos mais de R$13 milhões, nós anunciamos uma nova escola estadual em Dário Meira, já tinhamos feito a reforma aqui da escola em Itagibá, e vamos ampliar com mais salas de aula, mais estrutura pro esporte, tudo para que a escola possa oferecer condições dignas para os alunos melhorarem o desempenho escolar. A minha alegria é estar incentivando, apoiando, ajudando os prefeitos e prefeitas que querem estimular o desenvolvimento da educação, a prática esportiva, que representa inclusão social, formação do cidadão", afirmou o governador.

quarta-feira, 7 de julho de 2021

Economia de gastos e modernização do fisco garantem investimentos da Bahia


Modelo de gestão que coloca o Estado em segundo no ranking de investimentos, somando R$ 15,4 bilhões desde 2015, concilia qualidade do gasto público e crescimento da arrecadação.

A despeito das sucessivas crises econômicas brasileiras nos últimos anos, de ser o estado do Nordeste com a maior porção do território no semiárido e de ter uma das menores arrecadações per capita do país em função da expressiva população de baixa renda, a Bahia consolidou-se na segunda posição em investimentos públicos entre os estados brasileiros, totalizando R$ 15,4 bilhões desembolsados desde 2015. A explicação para este desempenho, de acordo com o secretário da Fazenda do Estado, Manoel Vitório, está no modelo de gestão que concilia qualidade do gasto público e modernização do fisco.

quinta-feira, 17 de junho de 2021

Em Santo Amaro, Rui entrega ampliação do sistema de esgotamento e autoriza outras obras; investimentos somam R$ 100 milhões


A região do Recôncavo está recebendo cerca de R$ 100 milhões em investimentos do Governo do Estado, nas áreas de Infraestrutura, Saneamento Básico e Educação. Nesta quinta-feira (17), o governador Rui Costa esteve no município de Santo Amaro, onde inaugurou duas estradas recuperadas e a ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário da cidade.

A ampliação da Rede de Esgoto entregue pelo governador recebeu investimento de R$ 8 milhões. O trabalho foi realizado pela Embasa, empresa vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento do Estado (SIHS). Foram implantados 21.907 metros de rede coletora, 1.582 metros de ramais prediais, quatro estações elevatórias e 2.811 metros de linha de recalque. "Nós autorizamos a publicação de mais R$ 3 milhões, portanto, totalizando R$ 11 milhões para a expansão da rede de coleta de esgotamento sanitário no município. Com isso, colocamos Santo Amaro com mais de 60% de cobertura", destacou o governador.

terça-feira, 15 de junho de 2021

Bahia mantém ritmo de investimentos e já soma R$ 15,4 bilhões desde 2015


Chave é o equilíbrio fiscal, explicou o secretário Manoel Vitório, lembrando que o Estado tem um dos mais baixos endividamentos do país

Mesmo com as incertezas ainda presentes na economia brasileira devido ao atraso na vacinação contra a covid e à ameaça de nova piora da crise sanitária, a Bahia segue com as contas em dia e baixo endividamento e mantém o ritmo dos investimentos públicos, com volume total superado apenas por São Paulo. De acordo com os dados apresentados hoje (15)   pelo secretário da Fazenda do Estado, Manoel Vitório, durante audiência pública virtual sobre as finanças estaduais promovida pela Assembleia Legislativa, o governo baiano já investiu R$ 15,4 bilhões desde 2015, ante R$ 46,7 bilhões do governo paulista.