Mostrando postagens com marcador eólica. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador eólica. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 12 de maio de 2022

Bahia retoma liderança nacional na geração de energia eólica



A Bahia retomou a liderança nacional na geração de energia eólica com 32,16% da produção. O estado também é líder na geração de energia solar, com 30,89%. Os dados, de março de 2022, são da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e estão nos Informes Executivos de Energia Eólica e Solar produzidos pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). Os documentos estão disponíveis no site da SDE.

“Nosso estado tem um histórico de protagonismo tanto na energia eólica quanto na solar. Retomar a liderança nacional é motivo de orgulho. Os bons ventos da Bahia estão contribuindo para a diversificação da matriz energética nacional. E a estimativa é que mais 176 parques entrem em operação, fazendo a Bahia ultrapassar 10 Gigawatts (GW) em potência instalada”, declara o secretário da pasta, José Nunes.

terça-feira, 22 de junho de 2021

SineBahia intermedeia vagas para complexo eólico em Caetité


O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), vai realizar a intermediação de mão de obra para a implantação do Complexo Eólico Caetité Norte. O Termo de Cooperação Técnica para o encaminhamento de trabalhadores foi assinado com a Rio Energy, empresa responsável pela construção do parque energético, na tarde desta segunda-feira (21), na sede da secretaria, no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador.

A expectativa é que sejam ofertadas inicialmente 500 vagas de empregos diretos, com o compromisso de que 60% das contratações sejam de profissionais de Caetité e municípios vizinhos. As vagas serão na área da construção civil. Os trabalhadores serão encaminhados pela unidade local do SineBahia.

segunda-feira, 5 de outubro de 2020

Projeto Folha Larga Sul da Casa dos Ventos



Casa dos Ventos deve gerar 9,3 mil empregos em quatro complexos eólicos na Bahia

Investimento previsto é de R$ 9,1 bilhões em Jacobina, Ibitiara, Mirangaba e Campo Formoso  

A empresa Casa dos Ventos estima gerar 9,3 mil empregos, entre diretos e indiretos, na fase de operação e de construção de quatro complexos eólicos nos municípios de Jacobina, Ibitiara, Mirangaba e Campo Formoso, com investimento de R$ 9,1 bilhões. Os dados constam nos protocolos de intenções assinados com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), nesta quarta-feira (09). Esses números, somados aos protocolos assinados de janeiro a até agora, trazem um horizonte de geração de 12,7 mil empregos na Bahia nos próximos anos, segundo a SDE.